ARTIGO4

Como a Cultura Organizacional impacta nos seus lucros?

Você sabe quais são os valores e as normas culturais da sua empresa? E os seus colaboradores, será que eles sabem?

A famosa Cultura Organizacional é o conjunto de valores, normas, crenças e comportamentos que essencialmente representam o jeito de ser da empresa. A principal função da Cultura é garantir a coesão entre os colaboradores. É ela quem dá o tom, unindo a todos em um ecossistema.

Independente do tamanho da empresa, todas possuem uma Cultura Organizacional. Em algumas, essa cultura foi criada e disseminada pelos donos e em outras, pelos colaboradores.

Neste artigo falaremos sobre a importância da Cultura Organizacional e o impacto nos seus lucros.

A Cultura Organizacional inspira e orienta as pessoas em um mesmo objetivo, o que reflete em resultados

Você já se perguntou quais são os benefícios de uma cultura organizacional forte? O livro O novo código da cultura: Vida ou morte na era exponencial, traz um trecho com as ideias do professor Ronald Burt, da Universidade de Chicago, que resume as vantagens de uma cultura organizacional forte.

Para ele, “uma cultura corporativa forte reduz as possibilidades de que alguém atue de maneira inapropriada por interpretações errôneas dos objetivos da empresa. Um benefício dessa dinâmica é a redução de custos de monitoramento de funcionários.

Atualmente, as empresas enfrentam um desafio tão novo que era impensável algumas décadas atrás: como elas podem reter os seus talentos? As empresas selecionam os seus colaboradores, mas os candidatos também escolhem com qual empresa desejam trabalhar.

De acordo com a pesquisa Millennial Careers: 2020 Vision, a nova geração do mercado de trabalho busca empresas que tenham valores alinhados aos seus com oportunidades de crescimento, impacto positivo na sociedade, reconhecimento de colaboradores e ambientes de trabalho flexível, além de boa remuneração e benefícios. Usando um trecho da pesquisa:

Eles querem ser recompensados por seus esforços, sentir-se seguros em seu emprego e ainda assim ter a liberdade de parar e reabastecer de vez em quando. Eles também valorizam o trabalho com ótimas pessoas e aproveitam o tempo que gastam no trabalho, juntamente a oportunidade de trabalhar com flexibilidade e desenvolver novas habilidades como prioridades.

Já um estudo realizado pela Universidade da Califórnia identificou que um colaborador feliz é 31% mais produtivo, três vezes mais criativo e pode vender até 37% mais que os colaboradores desmotivados.

Em resumo, ter uma Cultura Organizacional forte e inspiradora ajuda a atrair e reter profissionais que compartilham os mesmos valores da empresa, além de promover engajamento com a organização, o que melhora a produtividade e por consequência, o lucro da sua empresa.

Exemplos de empresas com Cultura Organizacional bem definida

Algumas empresas se atentaram a importância da Cultura Organizacional muito tempo atrás e conquistaram tanto destaque que são rotuladas como bons exemplos de organização para se seguir. Confira:

Nubank

Além de ser a maior fintech da América Latina e o terceiro unicórnio brasileiro, o Nubank conquista usuários diariamente pelo seu atendimento (que envia até os famosos ‘mimos’ para os clientes). Para a cofundadora da empresa, Cristina Junqueira: “O grande diferencial competitivo do Nubank é a cultura. Nenhum grande banco consegue pegar uma empresa de 100 mil pessoas e transformar a cultura do dia para a noite. A cada mudança (e são muitas, porque crescemos muito rápido), a gente quer garantir que a empresa seja a mesma. As lideranças olham para isso. Cada funcionário novo olha para isso. É o que faz a gente ser diferente de todo mundo que está aí”. E nós concordamos com ela!

O Nubank tem como pilares a cultura, pessoas (e estrutura organizacional) e o encantamento e os exemplifica com as frases:

  • We want customers to love us fanatically: queremos que os clientes nos amem fanaticamente;
  • We are hungry and challenge the status quo: somos famintos e desafiamos o “sistema”, o status quo;
  • We think and act like owners: temos mentalidade de dono;
  • We build strong diverse teams: construímos times fortes e diversos;
  • We pursue smart efficiency: buscamos a eficiência inteligente.

A empresa também acredita que só é possível tratar os clientes de maneira excepcional se receber seus colaboradores da mesma forma. Por isso, adaptou os processos tradicionais de onboarding para encantar os colaboradores já em seu primeiro dia de trabalho.

O tema do onboarding da Nubank é “Inconformados” e tem a ver com a história da empresa. Já nele, os Nuvinhos (apelido para os novos funcionários) têm o primeiro dia junto com os de outras áreas (de estagiários a diretores) e depois são divididos para uma imersão específica em suas áreas. A história da fintech é compartilhada com os Nuvinhos, que também recebem seus kits de boas-vindas e são apresentados para as equipes com as quais trabalharão.

Netflix

Nem todo mundo sabe, mas a gigante do streaming surgiu como uma locadora de filmes com o envio pelo correio. Atualmente, a Netflix é uma das queridinhas das redes sociais e o principal serviço de entretenimento por streaming do mundo e isso tem muito a ver com a cultura organizacional da empresa.

A Netflix se orgulha de sua cultura interna, inclusive compartilhou uma apresentação de 124 slides com os valores que defende e são usados para selecionar os seus futuros colaboradores. São eles:

  • Julgamento
  • Comunicação 
  • Impacto
  • Curiosidade
  • Inovação 
  • Coragem
  • Paixão
  • Honestidade
  • Altruísmo 

 

Além desses, a Netflix também valoriza a responsabilidade. Para a empresa: “Pessoas responsáveis prosperam com liberdade e são dignas de liberdade”.

Um exemplo disso é que na Netflix os funcionários decidem quando vão tirar suas folgas e têm direito a férias ilimitadas. A empresa se preocupa mais se os funcionários estão bem informados sobre o contexto da organização do que em ter controle sobre eles.

Em uma entrevista, o CEO e cofundador da Netflix, Reed Hastings disse:

Acreditamos que as pessoas prosperam confiando, na liberdade e em poder fazer a diferença… Dedicamo-nos a aumentar constantemente a liberdade dos funcionários para combater a píton de processo.

 

Em outro trecho, ele destacou que “todo mundo recebe todas as informações. O que estamos tentando fazer é criar um senso de responsabilidade nas pessoas e capacitá-las a fazer as coisas.

Esses exemplos confirmam o que dizemos lá no início do artigo, ter valores fortes e bem definidos ajuda a trazer pessoas alinhadas a eles que trabalharão mais felizes e, por consequência, trarão mais lucro para a empresa.

Depois de ler até aqui, você acha que está trabalhando bem com a cultura organizacional na sua empresa? Compartilhe sua experiência com a gente nos comentários.

Open chat
Vamos conversar?