ARTIGO13

Cultura Organizacional e Estratégia de Negócios: Como se relacionam?

Certa vez, o autor best-seller, professor e consultor administrativo, Peter Drucker disse que: “a cultura devora a estratégia no café da manhã”. Essa frase pode ser interpretada como um resumo da dinâmica existente na relação entre cultura organizacional e os resultados do negócio.

Afinal, o erro de muitos administradores é esquecer do impacto da cultura em suas estratégias. Como você está evitando cometer esse erro? Neste artigo falaremos sobre como a cultura organizacional e a estratégia de negócios se relacionam e mostrar como uma pode decretar o fracasso da outra.

O que veio primeiro: a Cultura ou a Estratégia?

Quando falamos de cultura organizacional, estamos nos referindo ao conjunto de normas que define o jeito de ser daquela organização. Já a estratégia de negócios é o conjunto de ações que serão executadas, a médio, curto ou longo prazo, para atingir um objetivo, como o aumento dos lucros.

Olhando para dentro da sua empresa, qual delas veio primeiro? Uma está de acordo com a outra?

Vejamos o exemplo da Intel, enquanto suas concorrentes apostavam nos dispositivos móveis, a multinacional seguiu focada em seus multiprocessadores e, mesmo tendo condições, não investiu no novo mercado que estava surgindo.

Isso aconteceu porque a Intel tinha uma cultura organizacional rígida e focada em altos lucros. Logo, todas as estratégias de negócios evitaram riscos para que a empresa não perdesse dinheiro e como consequência, a Intel demorou para embarcar no mercado da tecnologia móvel.

Neste caso, a cultura e a estratégia de negócios estavam alinhadas, mas pela falta de flexibilidade da empresa em adaptar os princípios organizacionais, o resultado foi um atraso para desbravar um nicho novo no qual a empresa tinha potencial para ser uma das líderes. Afinal, é a cultura que guia as ações da empresa e impõe limites quando necessários.

Uma maneira para evitar resultados como esse é manter aberto um canal de comunicação com os colaboradores, que muitas vezes podem enxergar as falhas na cultura ou na estratégia que passam despercebidas para os administradores.

A diferença entre: Pesquisa de Clima e Diagnóstico Cultural

A pesquisa de clima é uma ferramenta para conhecer os sentimentos e percepções dos colaboradores em diferentes aspectos da empresa. É um excelente termômetro para acompanhar e melhorar o ambiente de trabalho e para mensurar o impacto de ações implementadas, como por exemplo: o novo modelo home office.

Já o diagnóstico cultural traz uma visão mais profunda e de longo prazo, trazendo a tona quais os valores instalados na Cultura da Organização. Revela comportamentos e princípios que modelam o jeito de ser da empresa e como as decisões são tomadas.

Ambas são ferramentas importantes para mensurar os aspectos do ambiente de trabalho que afetam diretamente os resultados do negócio e nível de engajamento da organização. Com as informações obtidas por meio da pesquisa de clima e diagnóstico organizacional, os gestores conseguem ter uma visão mais ampla da situação e a compreensão das oportunidades e ameaças que a empresa possui internamente.

A empresa siderúrgica Gerdau é um case de sucesso do uso da pesquisa de clima. Com mais de um século de existência, a empresa começou em 2014 um processo de transformação após realizar pesquisas de clima e descobrir que a cultura organizacional rígida causava medo em seus colaboradores, que também sentiam falta de diversidade na empresa.

Após analisar as respostas dos funcionários, a Gerdau implementou pequenas mudanças como testar o home office, fornecer workshops e mentorias para tornar a liderança mais acessível e um programa de estágio exclusivo para pessoas negras.

Nos anos seguintes, a siderúrgica colheu os resultados de seu trabalho e em uma pesquisa de 2017 descobriu que 95% de seu quadro de funcionários desejava continuar trabalhando na companhia.

Realizar uma pesquisa de clima ou diagnóstico cultural impacta positivamente em toda organização, independentemente de seu tamanho.

Na AvanSer temos desde diagnósticos pocket, que visam trazer um panorama do ambiente organizacional assim como projetos completos que incluem diagnóstico, estratégia e implementação de ações para reforço ou transformação Cultural. 

Se você precisa impulsionar sua Cultura organizacional para alavancar as estratégias do seu negócio, nós podemos te ajudar. Vem falar com a gente!

Open chat
Vamos conversar?