ARTIGO2

Mundo VUCA:O desconforto é a nova rotina

Você já parou para pensar em como as mudanças estão acontecendo em uma velocidade nunca vista antes? Há alguns meses tínhamos a informação de um vírus contaminando e matando pessoas do outro lado do mundo, na China. Hoje, um tempo depois, vivemos uma pandemia globalizada e sentimos o impacto dessa doença em nossa rotina, saúde e economia. Trata-se de um momento de muita incerteza, medo e insegurança. As decisões são complexas. Em alguns casos, não é possível dizer com exatidão o que é certo ou errado. Existem perguntas sem respostas, pois apesar da experiência acumulada com outras crises e epidemias, os especialistas não podem basear suas escolhas para um vírus desconhecido apenas em informações e experiências passadas.

Esse cenário é propício para refletirmos sobre o momento de mundo que vivemos, conhecido como: VUCA – acrônimo que surgiu no vocabulário militar americano na década de 90 que é descrito por suas quatro características marcantes: Volatilidade, Incerteza, Complexidade e Ambiguidade.

O conceito VUCA expressa a complexidade da nossa sociedade contemporânea, devido à interconexão, interdependência e a globalização, situações que antes tinham pouco impacto no mercado, mas que agora refletem, e muito, em toda a nossa sociedade. A pandemia do COVID19 é apenas um exemplo prático da presença dessas características em nosso cotidiano, que são descritas como:

VOLATILIDADE – a forma como as coisas mudam o tempo todo com uma velocidade absurdamente rápida; com uma frequência intensa e com um impacto que a gente desconhece. Vivemos a era da modernidade líquida, o mundo escorre pelas nossas mãos, tamanha a velocidade que as coisas acontecem. Um exemplo de mundo volátil: o rádio levou 38 anos para alcançar 50 milhões de usuários. O Pokémon Go, acreditem, levou 22 dias.

INCERTEZA – é a gente não saber o que vem depois; é a falta de previsibilidade; é saber como lidar com o inesperado; ter a capacidade de enxergar todas as opiniões; é pensar na incerteza para tomar a decisão certa.

COMPLEXIDADE – o mundo está cada vez mais contraditório, nem tudo é tão simples quanto parece. Cada vez mais as coisas estão interligadas e interconectadas. Como conhecer essa interdependência? Como identificar a relação das coisas? A verdade é que quando mexemos em um fator, existe um resultado que pode ser provocado em outro lugar. Está cada vez mais difícil explicar o mundo de forma linear…

AMBIGUIDADE – o que vemos hoje são inúmeras interpretações para muitas coisas, vários sentidos para uma mesma questão. No mundo corporativo isso pode tornar as decisões mais arriscadas. É preciso controlar melhor o risco e saber das implicações das tomadas de decisões. Um exemplo de ambiguidade: você sabia que a rede social mais popular do mundo, o Facebook, possui 56 opções de gênero somente para o mercado americano? E a justificativa para isso é que estão expandindo a identificação dos usuários para além da dicotomia homem/mulher. Conseguem entender?

Não é novidade para ninguém que passamos por uma fase de mudanças. O que talvez não tivéssemos parado para observar até então, é que essa revolução é poderosa, pois não transforma apenas as coisas. Ela está modificando a forma como nós indivíduos vivemos, trabalhamos e nos relacionamos um com os outros. Ou seja, está alterando a vida tal qual estamos habituados e conhecemos.

Estamos vivendo o momento de ruptura mais abrangente da história. A boa notícia é que tudo está em aberto. Temos a possibilidade de criar futuros desejáveis. De arriscar, tentar e falhar. Mudar de opinião. Se posicionar.

Concordo que muitas vezes pode não ser confortável mas, essa Nova Economia não nos deixa escolha. Os desafios virão das mais variadas formas – assim como a pandemia chegou de forma rápida e inesperada – nos forçando a sair da zona de conforto. Sempre de forma intensa. Não interessa se você é um empresário de anos de estrada ou uma feliz dona de casa.

O VUCA é para todos e nos exige criatividade e adaptabilidade para lidar com todas as forças de mudanças que estão impactando nossa vida e trabalho. A vida na Nova Economia é inerente a incertezas, riscos e ao novo. No âmbito empresarial, as empresas vencedoras não serão as que têm melhores ideias, mais recursos ou mais tecnologia. Serão as que aprenderem e se adaptarem mais rápido.

Viva bem no desconforto, no mundo VUCA ele é a nova rotina.

Open chat
Vamos conversar?